TSE apresenta notícia-crime contra Bolsonaro por divulgação de ‘informações confidenciais’

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apresentou uma notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por divulgação de “informações confidenciais” do inquérito sigiloso da Polícia Federal que investiga um ataque ao Sistema do Tribunal em 2018. A informação foi divulgada pelo próprio TSE. O documento foi apresentado nesta segunda-feira, 9, e foi assinado pelos sete membros do STF. O texto diz que as informações vazadas poderiam prejudicar os trabalhos. O documento diz ainda que o delegado que lidera as investigações e o deputado Filipe Barros (PSL) também serão investigados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). “Há indícios, portanto, de que informações e dados sigilosos e reservados do Tribunal Superior Eleitoral tenham sido divulgados, sem justa causa, inicialmente pelo Delegado de Polícia Federal, e, na sequência, pelo Deputado Federal Felipe Barros e pelo Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro”, diz o documento.

Ultimas notícias

spot_img

Veja tambem