Ricardo Nunes sanciona lei que coloca no final da fila os ‘sommeliers da vacina’

A cidade de São Paulo adotou uma medida contra os chamados “sommeliers da vacina”, pessoas que escolhem qual marca de imunizantes contra a Covid-19 querem tomar. Por meio de um decreto publicado no Diário Oficial do município nesta terça-feira, 27, a decisão busca punir quem se recusar a receber a vacina que esteja disponível nos postos de vacinação. Na prática, a pessoa vai precisar assinar um termo que recusa o composto disponível. Com isso, automaticamente, ela será direcionada para o final da fila, tendo novamente chance de ser vacinada apenas depois que todos os grupos já estiverem devidamente imunizados contra a doença, o que inclui até mesmo os adolescentes. A decisão já está em vigor nesta terça-feira. O projeto de lei já havia sido aprovado pelos vereadores da Câmara Municipal de São Paulo em junho e, agora, foi sancionado pelo prefeito Ricardo Nunes. A regra também é válida para os inscritos na “xepa da vacina“, existindo exceção apenas para grávidas, puérperas e pessoas que tenham alguma contraindicação comprovada por um médico.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini

Ultimas notícias

Ideias para vender produtos artesanais

Empreender, para muitas pessoas, tornou-se uma forma de fazer uma renda extra. Desse modo, com o objetivo de auxiliar as pessoas que...

Melhores localidades em Tocantins para se conhecer

Frederico Gayer Machado de Araujo, grande empresário e nativo de Tocantins, comenta sobre os melhores lugares para se conhecer em seu...

Como manter um cabelo lindo e cacheado?

Para Leandra, a Diva do Brás, o cabelo cacheado está cada vez mais em alta, podendo até ser uma nova tendência nos...

Marco Antonio Carbonari dá dicas de harmonização com queijos

Receber amigos ou pessoas especiais em uma noite de vinhos para degustação e aperitivos é um dos programas...

Veja tambem