Vacinação contra a Covid-19 começa nesta segunda-feira no RS, afirma governador


Eduardo Leite fez o anúncio nesta manhã. Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que a vacinação será iniciada a partir das 17h em todo o país. Eduardo Leite confirma que vacinação contra Covid-19 começa nesta segunda (18) no RS
O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou que a vacinação contra a Covid-19 vai começar ainda nesta segunda-feira (18). A previsão é de que isso ocorra por volta das 17h, 18h. Segundo o governo estadual, a primeira pessoa a ser vacinada no RS será uma profissional da saúde que trabalha no Hospital de Clínicas, em Porto Alegre.
O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse nesta manhã que a vacinação será iniciada a partir das 17h em todo o país.
“O ministro autorizou anteciparmos o início da campanha. As primeiras doses começam a ser transportadas em seguida para o nosso Estado e já estamos com a logística pronta para iniciar o envio para todas as 18 regiões de saúde”, afirma Leite.
Neste primeiro momento, o Rio Grande do Sul está recebendo 341,8 mil doses da CoronaVac, vacina do Instituto Butantan feita em parceira com o laboratório Sinovac. Deste total, 311.680 doses vão ser para os grupos prioritários (profissionais da saúde da linha de frente e idosos que vivem em instituições de longa permanência) e outras 30.120 à população indígena.
“Vamos receber as doses na tarde desta segunda e iniciar ainda hoje [segunda] o processo de imunização. Temos uma rede de saúde bem distribuída e toda a rede logística já preparada. Transporte, rede de frio, seringas agulhadas, ou seja, tudo pronto para iniciar esse grande processo de vacinação assim que as doses chegarem à capital gaúcha. E, em 24 horas, as doses estarão em todas as regiões do Estado, para que elas também possam iniciar a aplicação, respeitando as faixas definidas no Plano Nacional de Imunizações (PNI)”, afirma o governador.
Vacinas sendo transportadas aos estados
Divulgação/Governo do RS
A SES informou que com esse primeiro lote de vacinas não será possível vacinar todas as pessoas que fazem parte do grupo prioritário.
“Agora, é uma população mais restrita porque tem a ver com profissionais de saúde, indígenas, acamados, instituições. Então, neste momento, não precisa existir uma movimentação ativa da população até as unidades de saúde, porque não está neste momento, neste primeiro envio”, afirma a coordenadora do Centro Estadual de Vigilância em Saúde do RS, Cynthia Molina Bastos.
No domingo, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso emergencial das vacinas CoronaVac e da Universidade de Oxford contra a Covid-19. Momentos depois, o governo de São Paulo aplicou a primeira vacina da CoronaVac. O governo federal, no entanto, ainda não havia iniciado a distribuição do imunizante pelo país, o que foi programado para esta segunda.
O horário de 17h para o início da vacinação nacional foi proposto, segundo Pazuello, para dar tempo de todos os estados receberem as doses.
Coordenadora do CEVS esclarece dúvidas sobre o esquema de aplicação das doses da CoronaVac
Eduardo Leite com o lote de vacinas contra o coronavírus destinado para o RS
Divulgação/Governo do RS
VÍDEOS: Vacinas contra a Covid-19

Ultimas notícias

Municípios do RS temem 'apagão' por falta de vacina contra a Covid, diz Conselho das Secretarias de Saúde

Fiocruz e Butantan anunciaram a paralisação na fabricação das vacinas Oxford/AstraZeneca e CoronaVac. Secretaria da Saúde estima que...

Operação dispersa pontos de aglomeração em Porto Alegre

Ocorrências foram registradas nos bairros Centro Histórico, Arquipélago, Cidade Baixa e Moinhos de Vento. Festa realizada em estabelecimento...

Homem de 72 anos é morto a tiros em Porto Alegre

Vítima, identificada como João Carlos Franco Cunha, de 72 anos, foi atingido por dois tiros na nuca e...

Museus recebem visitantes com hora marcada no RS; saiba como agendar

Reabertos após período de restrições, os museus históricos e artísticos da Capital e interior do estado organizam as...

Veja tambem