Último dia de Feira do Peixe em Porto Alegre registra aglomeração


Estandes montados no Centro da cidade registraram alto movimento no feriado de Sexta-Feira Santa. Prefeitura afirma que vai apurar se medidas estipuladas não foram cumpridas. Feira do Peixe termina nesta sexta (2) em Porto Alegre
O último dia de Feira do Peixe, realizada em Porto Alegre, registrou aglomeração na sexta-feira (2), feriado de Sexta-Feira Santa.
Com mais 171 mortes, RS chega a 20,2 mil óbitos e 858 mil casos confirmados
Nesta sexta-feira, o RS chegou à média móvel de 269 mortes. Os hospitais seguem cheios, apesar de terem, pelo segundo dia consecutivo, ocupação máxima inferior de 100% em um mês. Pela sexta semana consecutiva, o estado está em bandeira preta, que indica altíssimo risco para disseminação da Covid.
A tradicional feira foi realizada em três pontos da cidade, entre eles, o Largo Glênio Peres, junto ao Mercado Público, no Centro da Capital. Segundo a Associação do Comércio do Mercado Público Central, a procura se concentrou na manhã devido à busca por produtos frescos.
A prefeitura de Porto Alegre lembra que determinou regras de distanciamento entre as bancas e solicitou o uso de máscaras e álcool em gel aos visitantes.
“As mesmas regras foram direcionadas ao Mercado Público, que contou ainda com orientação ao público por meio de fiscais para que o distanciamento fosse obedecido. A secretaria irá apurar se alguma das medidas não foi cumprida”, afirma o Executivo, em nota.
Segundo a prefeitura, mais de 51 toneladas de peixe foram vendidas e feirantes faturaram R$ 1 milhão nos três dias de feira.
Feira do Peixe em Porto Alegre
Reprodução/RBS TV
Nota Associação do Mercado Público
“A Associação do Comércio do Mercado Público Central (Ascomepc) informa que ao longo dos dias que antecederam à sexta-feira Santa solicitou aos clientes que evitassem aglomerações e as compras de última hora. No entanto, no caso das peixarias, por se tratar de um produto fresco, a procura se concentrou nesta manhã, o que gerou um grande movimento. O Mercado Público, desde o início a pandemia, tem cumprido todos os protocolos sanitários, como a exigência do uso de máscara, a aferição de temperatura e oferta de álcool gel a todos que ingressam no prédio. A Associação reforça que a organização e fiscalização é responsabilidade da prefeitura.”
Nota da Prefeitura de Porto Alegre
“A Feira do Peixe deste ano está ocorrendo em formato reduzido, com circulação restrita e controle de entrada e saída do público. O uso de máscara e álcool em gel é obrigatório. Cinco equipes, totalizando 26 servidores, foram destacadas para acompanhar o evento, além da Guarda Municipal.
As mesmas regras foram direcionadas ao Mercado Público, que contou ainda com orientação ao público por meio de fiscais para que o distanciamento fosse obedecido. A secretaria irá apurar se alguma das medidas não foi cumprida.
A secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Porto Alegre ressalta a importância da Feira do Peixe para centenas de famílias que vivem da pesca artesal na cidade. É nesta época que essas pessoas conquistam parte significativa de seu sustento financeiro para o ano inteiro.
Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Porto Alegre.

Ultimas notícias

Voluntários produzem pães para doar a estudantes da rede pública de Taquara

Campanha começou, há três semanas, produzindo 100 pães. Com doações da comunidade, volume foi duplicado. Produção dos pães...

Hospitais gaúchos ganham 80 milhões de reais para o combate ao coronavírus

O governo do Estado repassou, nesta sexta-feira (9), R$ 80 milhões a cerca de 200 hospitais gaúchos para o custeio dos serviços ambulatoriais e...

Municípios do RS notificam Anvisa por lotes de vacina contra a Covid com menos doses do que indicado

Conselho de Secretarias Municipais da Saúde estima perda de 20 mil doses em 100 cidades. Agência afirma que...

Corujas são devolvidas à natureza após tratamento em Porto Alegre

Filhotes foram encontrados em uma rua da Zona Sul da Capital há três meses. Animal é comum em...

Veja tambem