Suspeitos de integrar grupo que fraudava auxílio emergencial são presos no RS e em SC


Prisões aconteceram em Canoas (RS) e Florianópolis (SC). Estimativa da Polícia Federal é de que grupo tenha prejudicado 3 mil beneficiários e causado prejuízo de R$ 2 milhões. Armas e drogas foram apreendidas durante operação
Divulgação / Polícia Federal
A Polícia Federal do Rio Grande do Sul prendeu, na manhã desta segunda-feira (3), quatro pessoas suspeitas de integrar um grupo que fraudava auxílio emergencial em diversos estados do país. As prisões em flagrante foram feitas em Jurerê Internacional, em Florianópolis (SC), e Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, por posse ilegal de arma de fogo e drogas.
Também foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em Canoas e Parobé, no RS, e em Palhoça e Jurerê Internacional, em Santa Catarina. Nos locais, foram aprendidos R$ 60 mil e documentos de interesse da investigação.
A estimativa é de que grupo tenha prejudicado 3 mil beneficiários e causado prejuízo de R$ 2 milhões. Segundo a PF, os golpes foram aplicados em diversos estados do Brasil, principalmente no Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.
A investigação da Polícia Federal teve início em maio de 2020, quando a Brigada Militar, em uma ação no município de Taquara, também na Região Metropolitana da capital gaúcha, apreendeu um caderno com CPFs de possíveis beneficiários do auxílio emergencial, endereços de e-mail e senhas com indicação de saques e valores. Na abordagem, também foram apreendidas armas e drogas.
Com as informações, a PF realizou diligências para identificar a forma de atuação do grupo criminoso, que consistia na obtenção de CPFs de potenciais beneficiários do auxílio emergencial, criação de e-mails e cadastramento no site da Caixa Econômica Federal.
Após o depósito dos valores, os suspeitos realizavam o pagamento de boletos de compras realizadas pela organização criminosa.
VÍDEOS: tudo sobre o RS

Ultimas notícias

Polícia faz operação contra fraudes no seguro DPVAT no RS; desvios podem chegar a R$ 8 milhões

Segundo as investigações, grupo criminoso agia com informantes dentro de hospitais procurando vítimas de acidentes, além de fraudar...

Enfermeiros e técnicos são os profissionais de saúde mais atingidos pela Covid no RS, aponta boletim

Quase metade dos 32 mil profissionais da saúde infectados são da área da enfermagem. Dia Internacional da Enfermagem,...

Cresce procura por atendimento psicológico no RS; veja locais que oferecem apoio gratuito ou com 'valor social'

Orientação da Secretaria Estadual da Saúde é buscar o atendimento na rede de atenção primária. Estado tem 212 unidades do Centros de...

Governo distribui 310 câmaras frias para vacinas a cidades do RS com menos de 100 mil habitantes

No total, 194 municípios serão contemplados. Primeiras 52 receberam nesta terça (11). Objetivo é aprimorar a Rede de...

Veja tambem