São Leopoldo amplia vacinação contra Covid para pessoas de 18 anos com comorbidades


Segundo a prefeitura, pessoas em situação de rua e no sistema carcerário já estão sendo vacinadas, por isso professores poderão começar a receber a vacina no sábado (15). Pessoas com mais de 18 anos com comorbidades podem se vacinar em São Leopoldo
Valentin Thomaz / Prefeitura de São Leopoldo
A Prefeitura de São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre, ampliou a partir desta sexta-feira (14) a vacinação contra a Covid-19 para pessoas com 18 anos ou mais com comorbidades. Com o avanço da imunização na cidade, a prefeitura também começa a vacinar professores de educação infantil no sábado (15).
Vacinação contra Covid no RS: veja perguntas e respostas
Podem se vacinar pessoas com 18 anos de idade com as seguintes comorbidades: diabetes, hipertensão arterial, cardiopatias, hepatopatias, pneumopatias, imunossupressão, acidente vascular cerebral, obesidade mórbida e doenças reumáticas que necessitam de diálise.
A comprovação deve ser feita através de atestado médico, laudo, exame ou receita médica de medicamentos controlados das respectivas doenças prévias. Serão disponibilizadas vacinas do laboratório AstraZeneca/Fiocruz.
A imunização segue para nascidos até 1961 e para pessoas com deficiência permanente a partir de 18 anos. Elas podem comprovar fisicamente, por meio de laudos médicos ou mediante apresentação do Benefício Assistencial à Pessoa com Deficiência (BPC). Também continuam contempladas pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos e puérperas (que deram à luz nos últimos 45 dias).
Também nesta sexta estão sendo vacinadas pessoas em situação de rua e pessoas que estão no sistema carcerário, para então avançar para professores.
“Seguindo rigorosamente a nossa estratégia de cuidar da vida da população, dentro do Programa Nacional de Imunização, amanhã [sábado] nós vamos vacinar todos os professores das escolas infantis pública, privada e conveniada e também seus funcionários, para cuidar da vida dentro da nossa determinação. Em primeiro lugar é a vida da população, vá se vacinar, se proteja”, diz o prefeito Ary Vanazzi.
Locais
Com o aumento do público-alvo, a prefeitura disponibilizará novamente o drive-thru do Centro de Eventos, com entrada pela avenida São Borja, que se somará ao tradicional ponto do Largo Rui Porto, na avenida Dom João Becker, para quem for de carro.
A antiga sede da Unisinos, com entrada na praça Tiradentes, segue como opção para quem for a pé. O expediente em todos os locais é das 9h às 16 horas. Na antiga Unisinos também é feita a segunda dose da AstraZeneca para profissionais de saúde.
No sábado (15), a prefeitura vai vacinar, com a 2ª dose de CoronaVac quem tomou a primeira dose até o dia 1º de abril. Estarão abertos o drive-thru no Largo Rui Porto e a Antiga Unisinos para quem for a pé. O atendimento será das 8h às 13h.
Já professores de educação infantil podem ser vacinados na Escola Rio Branco (a pé) e no sistema drive thru no Centro de Eventos. Os dois locais das 9h às 14 horas.
VÍDEOS: tudo sobre o RS

Ultimas notícias

MP faz operação em penitenciária de Guaíba; agente é suspeito de comandar esquema de negociação com detentas

Agente penitenciário seria responsável por fornecer celulares a detentas, suspeitas de serem integrantes de facção criminosa. Operação...

Mulher é morta a tiros em Viamão; ex-marido é apontado como suspeito, diz polícia

Após cometer o crime, homem se jogou da nova Ponte do Guaíba, em Porto Alegre, afirma delegada. Vítima...

Família é presa por suspeita de tortura, escravidão e estupro a mulher com deficiência no RS

Ela era obrigada a trabalhar mais de 15 horas por dia sem comida e bebida e sem poder...

'Descobrir que tu está viva é fora de série', diz mulher que passou 175 dias com Covid em UTI do RS

Cristiane dos Reis Duarte, de 44 anos, foi hospitalizada em 30 de novembro do ano passado com a...

Veja tambem