RS recebe novo lote com mais 290 mil vacinas nesta sexta e chega a 2,2 milhões de doses


Remessa com 62,6 mil doses de AstraZeneca e 227,4 mil doses de CoronaVac chega em Porto Alegre no início da manhã. A quantidade recebida até o momento serve para imunizar 43,6% dos integrantes do grupo prioritário com a primeira dose e 21,8% com ambas. Chegada de 318 mil doses de Coronavac ao RS no dia 17
Gustavo Mansur/ Palácio Piratini
O Rio Grande do Sul receberá, nesta sexta-feira (26), mais 290 mil doses de vacinas contra a Covid-19. O novo lote com 62,6 mil doses de AstraZeneca e 227,4 mil doses de CoronaVac/Butantan deve chegar ao Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, por volta das 6h.
Com isso, o estado atinge 2.215.650 doses recebidas. Numa projeção, é possível dizer que o total de imunizantes é equivalente a 19,55% da população total do RS, como se um em cada cinco gaúchos recebesse ao menos uma dose. Como ambas as vacinas requerem duas aplicações, a quantidade recebida até o momento serve para imunizar 9,77% da população.
Em relação aos grupos prioritários — pouco mais de 5 milhões de pessoas —, os 2,2 milhões de vacinas imunizam 43,6% dos integrantes desse grupo com a primeira dose e 21,8% com ambas.
Veja os lotes recebidos:
1ª remessa (18/01/2021) – 341,8 mil doses da Coronavac
2ª remessa (24/01/2021) – 116 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca
3ª remessa (25/01/2021) – 53,4 mil doses da Coronavac
4ª remessa (07/02/2021) – 193,2 mil doses da Coronavac
5ª remessa (24/02/2021) – 135 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca
6ª remessa (24/02/2021) – 84,2 mil doses da Coronavac
7ª remessa (03/03/2021) – 174 mil doses da Coronavac
8ª remessa (09/03/2021) – 187,8 mil doses da Coronavac
9ª remessa (17/03/2021) – 318,2 mil doses da Coronavac
10ª remessa (20/03/2021) – 285,8 mil doses da Coronavac e 36,25 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca
A carga será levada para a Central Estadual de Distribuição e Armazenamento de Imunobiológicos (Ceadi), na Capital, onde ficará armazenada até que ocorra a distribuição às coordenadorias regionais de saúde. O esquema de distribuição e os grupos a serem vacinados com estas doses ainda serão definidos em conjunto com os municípios.
Pedido de vacinação de professores e policiais
Nesta quinta, durante a assembleia virtual do Conselho Nacional de Secretários Estaduais da Saúde (Conass), a secretária da Saúde Arita Bergmann se posicionou pela antecipação da vacinação de professores e de profissionais das forças de segurança.
O assunto será pautado na próxima segunda-feira (29), em reunião da Câmara Técnica do Ministério da Saúde, conforme acordo com a coordenadora do Plano Nacional de Imunizações (PNI), Francieli Fontana.
No entanto, conforme Arita, o colegiado de secretários considera que essa antecipação só poderá ser realizada depois que todos os idosos forem vacinados. A antecipação da vacinação destes grupos já ocorreu em alguns estados.
Até o fim da tarde desta quinta (25), o RS já aplicou 62% das vacinas recebidas do Ministério da Saúde. Conforme o vacinômetro da SES, pelo menos 907.350 pessoas receberam a primeira dose (8% da população), das quais 284.715 receberam as duas (2,51% da população).
Vídeos: RBS Notícias
Initial plugin text

Ultimas notícias

Voluntários produzem pães para doar a estudantes da rede pública de Taquara

Campanha começou, há três semanas, produzindo 100 pães. Com doações da comunidade, volume foi duplicado. Produção dos pães...

Hospitais gaúchos ganham 80 milhões de reais para o combate ao coronavírus

O governo do Estado repassou, nesta sexta-feira (9), R$ 80 milhões a cerca de 200 hospitais gaúchos para o custeio dos serviços ambulatoriais e...

Municípios do RS notificam Anvisa por lotes de vacina contra a Covid com menos doses do que indicado

Conselho de Secretarias Municipais da Saúde estima perda de 20 mil doses em 100 cidades. Agência afirma que...

Corujas são devolvidas à natureza após tratamento em Porto Alegre

Filhotes foram encontrados em uma rua da Zona Sul da Capital há três meses. Animal é comum em...

Veja tambem