'Quero poder abraçar meus filhos', diz jornalista que recebeu a vacina da Pfizer em Porto Alegre


Margareth Marroni, de 60 anos, foi uma das primeiras imunizadas nesta terça (4). Ela tem a segunda dose garantida em 21 dias. Prefeitura destinará imunizante para completar vacinação de idosos e continuar a de pessoas com comorbidades. Jornalista recebe 1ª dose da vacina da Pfizer em Porto Alegre
No começo da tarde desta terça-feira (4), a jornalista aposentada Margareth Marroni, de 60 anos, começou a se imunizar contra a Covid-19. Ela tomou a primeira dose da vacina da Pfizer e deu o primeiro passo para voltar a fazer as coisas simples da vida.
“Quero poder abraçar meus filhos. A única criança que pego no colo é minha netinha. Das outras pessoas, não chego perto, não abraço, não beijo. É o que tem que ser. A gente tem que seguir o que a ciência diz”, afirma.
Margareth conta que recebeu de uma amiga pelo WhatsApp o link de uma matéria com os locais de vacinação na Capital. Não teve dúvidas: pegou o carro, buscou a amiga em casa e, juntas, foram à unidade de saúde Moab Caldas.
Ela buscava a vacina da Pfizer por um motivo: a garantia da segunda dose. Não apenas foi imunizada como saiu com a certeza de que, em três semanas, receberá o complemento na imunização.
“Acho bem consequente que se faça isso no Rio Grande do Sul. Com a falta da segunda dose, tem muita gente nervosa. Não podemos arriscar. O governo federal nem assinou o contrato. Não podemos arriscar que não tenha a segunda dose”, diz.
Ela se refere aos atrasos na distribuição da CoronaVac. Nesta terça, porém, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Porto Alegre confirmou que distribuirá nesta quarta-feira (5) a segunda dose do imunizante produzido pelo Instituto Butantan.
Margareth Marroni foi uma das primeiras pessoas imunizadas com a vacina da Pfizer em Porto Alegre (RS)
RBS TV/Reprodução
Nos quase 15 meses de pandemia, Margareth interrompeu a maioria das atividades. Ela substituiu a atividade física na academia por caminhadas em locais abertos.
Também restringiu as saídas — de máscara e com álcool em gel — para a casa da filha, que lhe deu uma neta durante a pandemia. “Não sou muito medrosa, mas tenho respeito por essa doença. Tomava todos os cuidados, só via minha filha, minha neta e meu genro”, afirma.
Por isso, um dos desejos é, após a segunda dose, poder abraçar também o filho. Os familiares e ela têm a consciência de que, quanto mais respeitarem as orientações, mais próximo está o dia do reencontro.
“Não tem nada pior do que estar dentro de uma CTI. As pessoas que estão em festa não têm noção. Isso é um absurdo e uma falta de empatia. É não ter amor a si mesmo e ao próximo”, critica.
A vacina da Pfizer será utilizada para a imunização dos grupos em andamento na campanha de vacinação, de acordo com o Plano Nacional de Vacinação e Resolução CIB estadual (ver mais abaixo).
Metade das 32.760 doses será destinada para a primeira dose dessas pessoas. A outra metade, que será utilizada como segunda dose, será transferida para os ultrafrezers da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em ambiente refrigerado a -25ºC, na manhã de quarta-feira (5), e será aplicada 21 dias depois nas pessoas que receberam a primeira dose.
Quem pode receber a vacina da Pfizer:
Gestantes e puérperas (passaram há menos de 45 dias pelo parto) com alguma comorbidade, maiores de 18 anos
Pessoas com deficiência permanente cadastradas no programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos
Pessoas vivendo com HIV entre 55 e 59 anos
Público em geral com 60 anos ou mais
Pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos
O atendimento ocorre das 8h às 17h, em 32 unidades de saúde. Veja os locais.
Vídeos: RBS Notícias
Initial plugin text

Ultimas notícias

Polícia faz operação contra fraudes no seguro DPVAT no RS; desvios podem chegar a R$ 8 milhões

Segundo as investigações, grupo criminoso agia com informantes dentro de hospitais procurando vítimas de acidentes, além de fraudar...

Enfermeiros e técnicos são os profissionais de saúde mais atingidos pela Covid no RS, aponta boletim

Quase metade dos 32 mil profissionais da saúde infectados são da área da enfermagem. Dia Internacional da Enfermagem,...

Cresce procura por atendimento psicológico no RS; veja locais que oferecem apoio gratuito ou com 'valor social'

Orientação da Secretaria Estadual da Saúde é buscar o atendimento na rede de atenção primária. Estado tem 212 unidades do Centros de...

Governo distribui 310 câmaras frias para vacinas a cidades do RS com menos de 100 mil habitantes

No total, 194 municípios serão contemplados. Primeiras 52 receberam nesta terça (11). Objetivo é aprimorar a Rede de...

Veja tambem