Postagem de profissional de saúde causa indignação no RS: 'Amanhã volto pra emergência do Covid, vida desgraçada'


Mulher atua no Hospital Regional Nelson Cornetet, em Guaíba, Região Metropolitana de Porto Alegre. Instituição afirma que o jurídico tomará as providências cabíveis; prefeitura da cidade diz em nota que repudia atitude. Técnica em enfermagem de Guaíba faz postagens nas redes sociais ridicularizando pacientes
A divulgação de postagens atribuídas a uma técnica de enfermagem que trabalha em Guaíba, na Região Metropolitana de Porto Alegre, causou indignação nas redes sociais neste fim de semana.
A prefeitura repudiou as postagens e a Associação Hospitalar Vila Nova, que contratou a profissional e a cedeu para o Hospital Regional Nelson Cornetet, enviou o assunto para o setor jurídico.
Em uma das postagens, a mulher aparece sem máscara em foto com outras duas profissionais, e legenda ridicularizando a internação de pacientes acamados.
“Jesus ressuscitou, os pacientes não vão”.
Em outra mensagem, ela reclama por ter que cuidar de pacientes em situação crítica, e também escreve: “Amanhã volto pra emergência do Covid, vida desgraçada”.
A postagem segue com risadas e emojis de palhaços.
Profissional da saúde debocha da saúde de pacientes em postagem nas redes sociais
Reprodução/RBS TV
O G1 e a RBS TV não conseguiram contato com a autora das postagens, que teve as redes sociais deletadas ou com alteração de nome.
Em nota, a prefeitura de Guaíba diz que repudia veementemente o comportamento inadequado e a falta de respeito com os pacientes (leia manifestação completa abaixo).
“Foi uma atitude isolada, de profissionais que certamente não representam a sua categoria, tampouco a Associação Hospitalar Vila Nova, que juntamente da equipe da Secretaria de Saúde, dentro das possibilidades, vem trabalhando arduamente para sempre proporcionar um melhor atendimento para os pacientes”.
Nota da prefeitura
A Prefeitura de Guaíba, na tarde desse domingo, 04/04, tomou ciência de acontecimentos reprováveis nas redes sociais, realizados por uma das técnicas de enfermagem do Hospital Vila Nova e vem por meio desta comunicar que repudia veementemente todo o comportamento inadequado e a falta de respeito com os pacientes internados no Hospital Regional Nelson Cornetet.
Foi uma atitude isolada, de profissionais que certamente não representam a sua categoria, tampouco a Associação Hospitalar Vila Nova, que juntamente da equipe da Secretaria de Saúde, dentro das possibilidades, vem trabalhando arduamente para sempre proporcionar um melhor atendimento para os pacientes.
Assim, a Prefeitura entrou em contato com a Associação Hospitalar Vila Nova, para qual aquela profissional trabalha, e esta informou que na segunda-feira enviará o assunto para o setor jurídico, para que sejam tomadas todas as providências cabíveis.
VÍDEOS: veja mais notícias do RS

Ultimas notícias

Voluntários produzem pães para doar a estudantes da rede pública de Taquara

Campanha começou, há três semanas, produzindo 100 pães. Com doações da comunidade, volume foi duplicado. Produção dos pães...

Hospitais gaúchos ganham 80 milhões de reais para o combate ao coronavírus

O governo do Estado repassou, nesta sexta-feira (9), R$ 80 milhões a cerca de 200 hospitais gaúchos para o custeio dos serviços ambulatoriais e...

Municípios do RS notificam Anvisa por lotes de vacina contra a Covid com menos doses do que indicado

Conselho de Secretarias Municipais da Saúde estima perda de 20 mil doses em 100 cidades. Agência afirma que...

Corujas são devolvidas à natureza após tratamento em Porto Alegre

Filhotes foram encontrados em uma rua da Zona Sul da Capital há três meses. Animal é comum em...

Veja tambem