Porto Alegre define escola que receberá modelo cívico-militar


Escola Leocádia Felizardo Prestes será a primeira a adotar modelo na cidade. Outras sete instituições devem ingressar no sistema até 2024, diz prefeitura. Prefeito Sebastião Melo e ministro da Educação, Milton Ribeiro, participaram de ato em Porto Alegre
Mateus Raugust/PMPA/Divulgação
A Prefeitura de Porto Alegre indicou ao Ministério da Educação (MEC), nesta quarta-feira (11), a Escola Leocádia Felizardo Prestes como a primeira a receber o modelo cívico-militar na cidade. A instituição fica localizada no bairro Cavalhada, Zona Sul da Capital.
O município ainda não estima data para adoção do sistema no colégio. Até 2024, a prefeitura pretende implantar o modelo cívico-militar em outras sete instituições.
O critério de escolha das escolas leva em conta regiões de vulnerabilidade social, com extrema violência e indicadores de desempenho educacional abaixo da meta. As instituições devem atender acima de 400 alunos, do 1º ao 9º ano de ensino fundamental, nos turnos da manhã e da tarde.
O prefeito Sebastião Melo (MDB), saudou a iniciativa do projeto. “Entendemos que o projeto reforça e valoriza as escolas, oferecendo condições ainda melhores aos alunos. É neles que estamos pensando”, afirmou.
O nome da escola do bairro Cavalhada é uma homenagem à ativista e professora Leocádia Felizardo Prestes, nascida em 1874, em Porto Alegre. Na década de 1930, Leocádia se tornou uma voz contra o nazismo, uma vez que Olga Benário, esposa de seu filho Luiz Carlos Prestes, foi extraditada para a Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial. A educadora faleceu em 1942.
Sede da Escola Leocádia Felizardo Prestes, em Porto Alegre
EMEF Leocádia Felizardo Prestes/Divulgação
Visita do ministro da Educação
O anúncio foi feito durante visita do ministro da Educação, Milton Ribeiro, à Capital. O titular do MEC destacou o apoio do governo federal à iniciativa.
“Os recursos do ministério são recursos do povo brasileiro. Por isso, contem com o governo federal para auxiliar nos ônibus, merendas, manutenção das escolas e em tudo que faz parte do contexto escolar”, disse.
Durante a tarde, três pessoas foram detidas uma manifestação na chegada de Ribeiro a uma emissora de rádio em Porto Alegre. A Guarda Municipal efetuou disparos no local do protesto.
Guarda Municipal efetua disparos em manifestação contra ministro em Porto Alegre
VÍDEOS: Tudo sobre o RS

Ultimas notícias

Falta de insulina na rede pública de farmácias causa preocupação em pessoas com diabetes no RS

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, falta do medicamento ocorre desde maio. Ministério da Saúde alega que foram...

Rio Grande do Sul se aproxima de 1 milhão e 200 mil testes positivos de coronavírus. Mortos são quase 31 mil

Divulgado nesta quinta-feira (24), o mais recente boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde ampliou para 1.199.084 o número de testes positivos de coronavírus no...

Ministra do STF rejeita novo habeas corpus de ex-segurança preso pela morte de homem negro em supermercado no RS

Defesa de Giovane Gaspar da Silva pedia a conversão da prisão preventiva em domiciliar para que respondesse o...

Banco do Brasil abre concurso com vagas para cinco regiões do RS

Mais de 150 vagas imediatas serão preenchidas. Concurso seleciona também para cadastro reserva. Cargo é de nível médio...

Veja tambem