Policial da Brigada Militar é morto a tiros em Gravataí; caso é investigado como latrocínio


Polícia Civil busca por três suspeitos que teriam participado do crime. Cristian da Rosa Oliveira tinha 36 anos e atuava em Cachoeirinha. Policial militar é morto a tiros em Gravataí
Um soldado da Brigada Militar (BM) foi morto a tiros, na noite desta quarta-feira (18), em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Cristian da Rosa Oliveira, de 36 anos, atuava no 26º Batalhão de Polícia Militar, na cidade vizinha de Cachoeirinha, e estaria de folga no momento do crime.
A Polícia Civil investiga o caso, ocorrido no bairro Morada do Vale II, como latrocínio (roubo seguindo de morte). Segundo o delegado Guilherme Calderipe, dois homens teriam saído de um carro branco e abordado o policial, anunciando o assalto. No entanto, o soldado teria reagido e trocado tiros com os suspeitos. A vítima acabou baleada quatro vezes.
“Desde o primeiro momento, a informação que se teve foi a de uma possível tentativa de assalto. Não se sabe de foi pela ação dos próprios criminosos, ou se houve uma reação por parte da vítima, na condição de policial militar. Houve troca de tiros. A vítima acabou falecendo no interior do próprio veículo”, relata.
O delegado ainda afirma que os suspeitos conseguiram roubar a arma do policial.
“Não houve a subtração do veículo, não houve a subtração de objetos pessoais. O único objeto que nós constatamos como tendo sido subtraído, de fato, foi a arma. A arma do policial não foi encontrada”, conta Calderipe.
Cristian da Rosa Oliveira, de 36 anos, foi encontrado dentro do próprio carro, em Gravataí
BM/Divulgação
Buscas
Além das duas pessoas que teriam abordado o soldado, uma terceira é suspeita de ter esperado os comparsas em um veículo de fuga. Nenhum dos indivíduos foi identificado até o momento. A BM e a Polícia Civil já conseguiram imagens de câmeras de segurança para apurar o caso.
Os agentes suspeitam que um dos envolvidos tenha sido baleado na troca de tiros e procurado por atendimento médico. Uma pessoa baleada foi encontrada em um hospital da região, no entanto, ela teria negado participação no crime.
Imagens de câmeras de segurança mostram carro que teria sido utilizado por suspeitos de crime em Gravataí
BM/Divulgação
Homenagens
Cristian da Rosa Oliveira fazia parte da Brigada Militar desde 2006. O tenente-coronel Adriano da Rosa, comandante de Policiamento Metropolitano da BM, lamentou a morte do soldado.
“É muito triste para nós. Eu tenho quase 33 anos de Brigada, já perdi vários colegas e nunca a gente se acostuma com isso. É sempre doloroso. É como perder um irmão. Perde todo mundo, perde a sociedade, que perde um defensor da lei. Perdemos nós, que perdemos um colega. Perde a família, porque perde um pai, um irmão, um filho”, disse.
Em nota, a BM prestou solidariedade à família de Cristian da Rosa Oliveira (leia abaixo).
Informações sobre velório e sepultamento não foram divulgadas.
Nota da BM:
“É com profundo pesar que a Brigada Militar informa o falecimento do Sd CRISTIAN DA ROSA OLIVEIRA, de 36 anos de idade, que atuava no 26° BPM, com sede em Cachoeirinha, no CPM.
O Sd Cristian foi vítima de homicídio no município de Gravataí, quando se aproximava de seu veículo particular e foi surpreendido por criminosos em um carro, de onde efetuaram disparos contra o PM que entrou em óbito no local. A Instituição e a família brigadiana se solidarizam com a esposa, familiares e amigos neste momento tão difícil.”
VÍDEOS: Tudo sobre o RS

Ultimas notícias

Menino de dois anos morre após incêndio em casa de Sapucaia do Sul, dizem Bombeiros

Ocorrência foi registrada na tarde de sábado (10). Segundo comandante dos Bombeiros da cidade, fogo teria iniciado em...

Fórum da Liberdade começa nesta segunda em Porto Alegre

Evento online e gratuito reúne 26 palestrantes, entre eles o vice-presidente Hamilton Mourão e o ex-presidente Michel Temer. Começa, nesta aegunda-feira (12),...

RS tem 92% de ocupação de leitos de UTI; são 11 dias de operação abaixo do teto

Hospitais do estado registram 257 vagas abertas para atendimento de pacientes críticos. Das 3.154 pessoas internadas em terapia...

Cidades registram manifestações contra decisão do STF que autorizou estados e municípios a restringir cultos e missas presenciais

'Marcha da Família Cristã pela Liberdade' ocorreu neste domingo (11). Neste domingo (11), grupos cristãos realizaram "Marcha da...

Veja tambem