Paciente de Covid em tratamento com ECMO dança ao som de Beatles em Porto Alegre; veja vídeo


Homem está consciente, porém necessita de cuidados intensivos. Enfermeiras registraram momento em que homem mexe as pernas e acompanha a música ‘Twist and Shout’, tocada pelos Beatles Paciente com Covid respirando por pulmão artificial dança ao som de Beatles
Ao ouvir o clássico “Twist and Shout”, clássico do rock na versão dos Beatles, um paciente internado com coronavírus em uma unidade intensiva do Hospital de Clínicas, de Porto Alegre, mexe as pernas e “dança”, mesmo deitado e respirando com auxílio de um pulmão artificial.
A cena foi registrada no último dia 20 pelas enfermeiras Nívea Shayane Costa Vargas e Rani Simões de Resende, e postada nas redes sociais. Assista acima.
O homem faz tratamento com ECMO, como é mais conhecida a Oxigenação por Membrana Extracorpórea. O aparelho é utilizado quando o paciente está com a capacidade pulmonar reduzida, e age como um pulmão artificial, oxigenando o sangue de fora do corpo.
Entenda como funciona o tratamento com ECMO
Internado desde 8 de abril, o homem já chegou ao Clinicas, transferido de outro hospital em estado grave. Embora esteja consciente, não consegue falar, devido a uma traqueostomia.
No dia da gravação, as enfermeiras perceberam que ele mexia com os pés ao som de uma música que tocava ao fundo.
“A gente ficou perguntando o que houve, se estava com dor, frio, coceira. Na hora a Rani chegou e entendeu que ele estava dançando. Ele confirmou, encheu os olhos de lágrimas e continuou super empolgado, dançando”, conta Nívea, que divide o turno com Rani e mais uma enfermeira, para tomar conta de 10 pacientes da CTI Covid.
“Ela [Rani] perguntou qual tipo de música ele gostava. Se gostava de Beatles, ele confirmou. A Rani botou no celular dela e ele começou a mexer o pé mais animado ainda”, comenta.
“Já tínhamos observado que a presença de música alegra muito o ambiente e auxilia bastante na recuperação deles. Isso dito inclusive por pacientes que tiveram alta do CTI. Um deles, que também necessitou de ECMO, doou para o CTI o rádio que o acompanhou durante a internação para que auxiliasse outros pacientes”, conta Rani.
Nívea e Rani, enfermeiras da CTI Covid do Hospital de Clínicas
Arquivo pessoal
‘Somos a família deles’
Nívea conta que momentos assim ajudam a amenizar o sofrimento da internação pela doença. Sempre que um paciente está acordado e em condições favoráveis, as enfermeiras procuram ligar músicas, conversar, mostrar fotos no celular. “Naquele momento, somos a família deles”.
E para as equipes de saúde, ver um paciente dançando representa um alívio do peso e da tristeza que a doença traz, como conta Rani.
“Trabalhar em terapia intensiva nunca foi tão difícil e desafiador. O esgotamento já é senso comum, até porque os desfechos desfavoráveis têm sido muito frequentes. E presenciar tanto sofrimento fere quem é humano. Então cenas como essa realmente nos mobilizam muito. Atestam tanta força e resiliência que é impossível não se emocionar”, conclui.
‘Twist and Shout’: homem em tratamento de ECMO dança ao som de Beatles em Porto Alegre
Divulgação/Hospital de Clínicas
VÍDEOS: Tudo sobre o RS

Ultimas notícias

Falta de insulina na rede pública de farmácias causa preocupação em pessoas com diabetes no RS

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, falta do medicamento ocorre desde maio. Ministério da Saúde alega que foram...

Rio Grande do Sul se aproxima de 1 milhão e 200 mil testes positivos de coronavírus. Mortos são quase 31 mil

Divulgado nesta quinta-feira (24), o mais recente boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde ampliou para 1.199.084 o número de testes positivos de coronavírus no...

Ministra do STF rejeita novo habeas corpus de ex-segurança preso pela morte de homem negro em supermercado no RS

Defesa de Giovane Gaspar da Silva pedia a conversão da prisão preventiva em domiciliar para que respondesse o...

Banco do Brasil abre concurso com vagas para cinco regiões do RS

Mais de 150 vagas imediatas serão preenchidas. Concurso seleciona também para cadastro reserva. Cargo é de nível médio...

Veja tambem