Ministério Público já recebeu 285 denúncias de casos de fura-fila na vacinação contra a Covid-19 no RS


Cidades com maior número de possíveis fraudes são Porto Alegre, Santa Maria, Caxias do Sul, Agudo, Alvorada, Gravataí e Torres. Ministério Público investiga denúncias de fura-filas na vacinação contra a Covid-19
Divulgação/MP RS
O Ministério Público do Rio Grande do Sul, informou nesta sexta-feira (29), que já recebeu 285 denúncias de possíveis casos de fura-fila na vacinação contra a Covid-19 no RS.
As cidades com maior número de possíveis fraudes, segundo o MP, são Porto Alegre, Santa Maria, Caxias do Sul, Agudo, Alvorada, Gravataí e Torres.
O órgão criou um grupo de trabalho para atender a demanda de denúncias.
“Esse grupo foi criado e é composto pelo Centro de Apoio Criminal, de Probidade Administrativa e Direitos Humanos. A partir daí fizemos um acordo com a Secretaria Estadual de Saúde e o lançamento de um canal conjunto para registro das denúncias de casos que em tese são irregulares”, explica a procuradora de Justiça Angela Salton Rotunno, coordenadora do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos (CAODH).
Ainda segundo a procuradora, as informações estão sob análise e serão encaminhadas conforme o tipo de ocorrência.
Angela destaca que, até agora, são poucas as situações consideradas graves. “Do grande universo de notícias, em torno de 5% configuram, em tese, crime, improbidade administrativa ou crime de responsabilidade”.
Prefeitura de São Leopoldo afasta servidores que tomaram vacina contra a Covid-19 sem ser de grupos prioritários
Secretaria da Saúde e MP lançam formulário para denunciar ‘fura-filas’ da vacina contra a Covid-19 no RS
As denúncias que não possuem informações suficientes para que se possa dar continuidade na investigação serão devolvidas. Em outros casos haverá encaminhamento de questionamentos ao gestor municipal sobre a veracidade da informação, motivo, funcionário responsável e demais informações para eventual adoção de providências. Algumas serão encaminhadas aos coordenadores dos CAOs Criminal ou Cível, que trata de improbidade administrativa.
Os casos que não configurarem fura-fila, quando a situação se demonstrar de difícil comprovação de irregularidade ou for muito tênue, serão arquivados.
VÍDEOS: Jornal do Almoço

Ultimas notícias

Governo do RS publica decreto com novas regras de distanciamento

Novo sistema prevê níveis de aviso, alerta e ação. Sem regramento próprio, Porto Alegre seguirá normas do estado...

Municípios do RS temem 'apagão' por falta de vacina contra a Covid, diz Conselho das Secretarias de Saúde

Fiocruz e Butantan anunciaram a paralisação na fabricação das vacinas Oxford/AstraZeneca e CoronaVac. Secretaria da Saúde estima que...

Operação dispersa pontos de aglomeração em Porto Alegre

Ocorrências foram registradas nos bairros Centro Histórico, Arquipélago, Cidade Baixa e Moinhos de Vento. Festa realizada em estabelecimento...

Homem de 72 anos é morto a tiros em Porto Alegre

Vítima, identificada como João Carlos Franco Cunha, de 72 anos, foi atingido por dois tiros na nuca e...

Veja tambem