Médico do RS é detido no Egito após perguntar a vendedora se 'gostam do bem duro'


Victor Sorrentino postou vídeo rindo da mulher em sua conta no Instagram, que tinha quase 1 milhão de seguidores. Irmã diz que ele prestará esclarecimentos para desfazer ‘vieses maldosos’. Médico de Porto Alegre Victor Sorrentino foi detido no Egito
Redes sociais
Um médico de Porto Alegre foi detido no Egito, no fim de semana, para prestar esclarecimentos, após publicar um vídeo nas redes sociais em que constrange uma vendedora egípcia. A informação foi confirmada pela irmã e assessora de comunicação de Victor Sorrentino, na manhã desta segunda-feira (31).
Em nota, a família afirmou que “são irreais e inverídicas as manchetes de prisão do Dr. Victor Sorrentino. O médico está prestando esclarecimento às autoridades para desfazer, assim como já havia feito, inclusive, com a própria egípcia, os vieses maldosos implementados aos seus atos por parte da imprensa, na última semana. Assim, quando terminados os trâmites no país, o Dr. Victor retornará e explicitará todo o ocorrido”.
O G1 entrou em contato com o Itamaraty, para saber detalhes da situação do médico, mas ainda não teve retorno.
No vídeo, Sorrentino está em um bazar turístico, no país estrangeiro, onde uma mulher mostrava como o papiro é feito, material parecido com papel que era usado pelos antigos egípcios para escrever.
O médico aparece perguntando a ela em português: “Vocês gostam mesmo é do bem duro, né?” “E cumprido também fica legal, né?”. A vendedora, que não entende português, responde “sim”, enquanto ele e os amigos riem.
Após a repercussão do vídeo, ele restringiu o acesso dos perfis nas redes sociais e na manhã desta segunda as contas estavam excluídas. A conta do médico no Instagram tinha quase 1 milhão de seguidores.
No domingo (30), o Ministério do Interior do Egito emitiu um comunicado sobre medidas judiciais que foram tomadas contra um estrangeiro. O comunicado não cita o nome do médico.
“O Ministério do Interior conseguiu prender um estrangeiro após assédio a uma mulher, depois que ele publicou um vídeo com imagens do incidente em uma rede social, onde os serviços de segurança conseguiram identificar a vítima e o autor, e tomar as medidas judiciais contra ele e apresentar ao Ministério Público competente”, afirmou o órgão.

Ultimas notícias

MP faz operação em penitenciária de Guaíba; agente é suspeito de comandar esquema de negociação com detentas

Agente penitenciário seria responsável por fornecer celulares a detentas, suspeitas de serem integrantes de facção criminosa. Operação...

Mulher é morta a tiros em Viamão; ex-marido é apontado como suspeito, diz polícia

Após cometer o crime, homem se jogou da nova Ponte do Guaíba, em Porto Alegre, afirma delegada. Vítima...

Família é presa por suspeita de tortura, escravidão e estupro a mulher com deficiência no RS

Ela era obrigada a trabalhar mais de 15 horas por dia sem comida e bebida e sem poder...

'Descobrir que tu está viva é fora de série', diz mulher que passou 175 dias com Covid em UTI do RS

Cristiane dos Reis Duarte, de 44 anos, foi hospitalizada em 30 de novembro do ano passado com a...

Veja tambem