Falha de registro ou migrações podem ter causado falta da 2ª dose da Coronavac no RS, diz Secretaria de Saúde


Governo do estado diz que lote da CoronaVac seria suficiente para completar reforço vacinal da população em atraso. Ao menos 12 municípios relataram receber menos doses que o necessário. Caixa com doses da CoronaVac em Porto Alegre
Cristine Rochol/PMPA/Divulgação
A Secretaria Estadual da Saúde (SES) do Rio Grande do Sul pediu, nesta quinta-feira (20), que os municípios registrem as aplicações das segundas doses da CoronaVac. Na avaliação da pasta, o problema relatado por, ao menos, 12 cidades que dizem ter recebido menos imunizante do que o necessário para completar a vacinação, pode ter sido causado por falha nos registros ou migração da população entre uma dose e outra.
“Entre as hipóteses para os problemas alegados pelos municípios podem estar desde falhas nos registros até migrações entre municípios, ou seja, pessoas que tomaram a primeira dose em um lugar e agora precisam tomar a D2 em outro, além de algum possível equívoco de uso da D2 como primeira dose”, disse Ana Costa, diretora de Atenção Primária e Políticas de Saúde da SES.
No fim de semana, a SES afirmou que os lotes distribuídos eram suficientes para imunizar quem estava com a vacinação atrasada. Agora, a secretária da Saúde, Arita Bergmann, sustenta que o estado pode procurar o governo federal para receber novas remessas da CoronaVac.
“Se preciso, vamos recorrer ao Ministério da Saúde para completar eventuais faltas de doses. O importante é que o esquema vacinal dos gaúchos se complete para que possamos avançar na superação dessa pandemia”, disse.
O governo considera que, a partir dos registros feitos pelas prefeituras, será possível avaliar faltas pontuais e planejar, se for o caso, o remanejamento de vacinas entre as cidades.
Na Serra, por exemplo, Caxias do Sul disse precisar de 7 mil doses para completar a imunização de quem tomou a CoronaVac. Entretanto, o município recebeu 9.020 doses do governo do estado. Na mesma região, Bento Gonçalves afirma necessitar de 3,7 mil doses, mas recebeu apenas 2.470, segundo a SES.
Cidades que relataram falta de CoronaVac:
Região Metropolitana: Porto Alegre, Gravataí, Sapucaia do Sul, Cachoeirinha, São Leopoldo, Novo Hamburgo e Alvorada.
Norte: Erechim e Passo Fundo.
Sul: Pelotas e Rio Grande.
Serra: Bento Gonçalves.
Fronteira Oeste: Itaqui.
VÍDEOS: Tudo sobre o RS

Ultimas notícias

MP faz operação em penitenciária de Guaíba; agente é suspeito de comandar esquema de negociação com detentas

Agente penitenciário seria responsável por fornecer celulares a detentas, suspeitas de serem integrantes de facção criminosa. Operação...

Mulher é morta a tiros em Viamão; ex-marido é apontado como suspeito, diz polícia

Após cometer o crime, homem se jogou da nova Ponte do Guaíba, em Porto Alegre, afirma delegada. Vítima...

Família é presa por suspeita de tortura, escravidão e estupro a mulher com deficiência no RS

Ela era obrigada a trabalhar mais de 15 horas por dia sem comida e bebida e sem poder...

'Descobrir que tu está viva é fora de série', diz mulher que passou 175 dias com Covid em UTI do RS

Cristiane dos Reis Duarte, de 44 anos, foi hospitalizada em 30 de novembro do ano passado com a...

Veja tambem