Coruja é resgatada após ficar presa em poço de luz de prédio em Porto Alegre


Ave foi levada para avaliação veterinária e, por estar em boas condições e sem nenhum ferimento, foi devolvida à natureza. Ave foi levada para avaliação veterinária na ONG Voluntários da Fauna
SMAMUS/PMPA
Uma “coruja de orelha presa”, também conhecida como coruja-orelhuda, foi devolvida à natureza na tarde dessa terça-feira (19) pela equipe de Fauna Silvestre da Secretaria de Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade (Smumas) de Porto Alegre. Ela foi resgatada após ficar presa em um poço de luz de um prédio na avenida Benjamin Constant.
O advogado Silvio Eduardo Brutti, morador do prédio, permitiu que a janela de sua residência fosse quebrada para dar acesso à área do poço e, atendendo às orientações, realizou de forma segura a retirada da coruja do local.
“Qualquer esforço físico ou financeiro é pequeno perante o salvamento de uma vida”, destacou.
A ave da espécie Asio clamator foi levada para avaliação veterinária na ONG Voluntários da Fauna e, por estar em boas condições e sem nenhum ferimento, foi solta em local apropriado.
A coruja de orelha presa é uma espécie comum no Brasil. De acordo com a Smumas, vive em habitats abertos e semiabertos, como campos naturais, áreas rurais e parques urbanos, e é um animal de hábitos discretos, principalmente noturnos.
Com porte médio, de 30 a 38 cm de comprimento, possui dorso marrom-acanelado e cara branca, contornada com uma fina listra negra. No alto da cabeça, sobre os olhos, dois tufos de penas parecem orelhas, dando origem ao nome popular. Ela se alimenta de pequenos mamíferos, principalmente de roedores.
Por isso, para evitar situações como esta, que podem gerar ferimento ao animal e incômodos à população, a orientação da Smumas é que poços de luz sejam mantidos fechados. São frequentes os casos de aves caídas em poços abertos, incluindo urubus.
Vídeos: RBS Notícias

Ultimas notícias

Municípios do RS temem 'apagão' por falta de vacina contra a Covid, diz Conselho das Secretarias de Saúde

Fiocruz e Butantan anunciaram a paralisação na fabricação das vacinas Oxford/AstraZeneca e CoronaVac. Secretaria da Saúde estima que...

Operação dispersa pontos de aglomeração em Porto Alegre

Ocorrências foram registradas nos bairros Centro Histórico, Arquipélago, Cidade Baixa e Moinhos de Vento. Festa realizada em estabelecimento...

Homem de 72 anos é morto a tiros em Porto Alegre

Vítima, identificada como João Carlos Franco Cunha, de 72 anos, foi atingido por dois tiros na nuca e...

Museus recebem visitantes com hora marcada no RS; saiba como agendar

Reabertos após período de restrições, os museus históricos e artísticos da Capital e interior do estado organizam as...

Veja tambem