Chefe de facção do RS investigado por mais de 10 homicídios é preso em SC, diz polícia


Suspeito, que estava foragido, foi encontrado em Itapema, no Litoral Norte do estado catarinense. Policiais civis do RS conduzem preso em Itapema
A Polícia Civil do Rio Grande do Sul prendeu, na quinta-feira (11), um foragido suspeito de chefiar uma facção criminosa no estado. O homem, de 37 anos, é investigado por mais de 10 homicídios. Ele foi encontrado em Itapema, no Litoral Norte de Santa Catarina.
O Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa do RS afirmou que o homem possuía mandado de prisão definitiva por furto a banco, além de dois mandados de prisão preventiva por homicídios cometidos em Porto Alegre.
Segundo a Polícia Civil, uma delação premiada apontou o suspeito como coautor também de 11 homicídios que seguem sendo investigados.
A polícia disse que o suspeito é irmão de um vereador de Cachoeirinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O parlamentar é investigado pelo Ministério Público, sob a suspeita de ter sua campanha financiada pela facção da qual o preso faz parte.
Crimes
Agentes das delegacias de Homicídio de Gravataí e Porto Alegre encontraram o homem em uma casa localizada à beira-mar em Itapema. Segundo a polícia, o suspeito era acompanhado por seguranças particulares.
Um dos casos envolvendo o preso, conforme a polícia, teria ocorrido em 2019. O homem foi apontado como coautor da morte de um empresário no bairro Anchieta, na Zona Norte da Capital. Conforme a investigação, a vítima foi executada por pelo menos 10 disparos de arma de fogo em frente a uma clínica de sua propriedade.
O foragido é réu e possuía mandado de prisão preventiva em aberto por um tiroteio na saída de uma casa noturna, no bairro Navegantes, também na Zona Norte de Porto Alegre. Duas pessoas foram mortas e três ficaram feridas em razão do ataque. O caso ocorreu em abril de 2018.
A Polícia Civil ainda afirma que homem foi indiciado pela participação no roubo a uma empresa de transporte de valores em abril de 2018. Na época, ao menos cinco funcionários foram feitos reféns. O grupo teria levado armas, coletes balísticos e dinheiro da companhia.
Polícia Civil do RS encontrou foragido em Itapema, no Litoral Norte de SC
PC-RS/Divulgação
VÍDEOS: Tudo sobre o RS

Ultimas notícias

Voluntários produzem pães para doar a estudantes da rede pública de Taquara

Campanha começou, há três semanas, produzindo 100 pães. Com doações da comunidade, volume foi duplicado. Produção dos pães...

Hospitais gaúchos ganham 80 milhões de reais para o combate ao coronavírus

O governo do Estado repassou, nesta sexta-feira (9), R$ 80 milhões a cerca de 200 hospitais gaúchos para o custeio dos serviços ambulatoriais e...

Municípios do RS notificam Anvisa por lotes de vacina contra a Covid com menos doses do que indicado

Conselho de Secretarias Municipais da Saúde estima perda de 20 mil doses em 100 cidades. Agência afirma que...

Corujas são devolvidas à natureza após tratamento em Porto Alegre

Filhotes foram encontrados em uma rua da Zona Sul da Capital há três meses. Animal é comum em...

Veja tambem