Porto Alegre mantém prazo de dez semanas entre a primeira e a segunda dose da AstraZeneca e da Pfizer

A Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre informou que será mantido o prazo de dez semanas entre a aplicação da primeira e da segunda dose das vacinas da AstraZeneca e da Pfizer contra a Covid-19 até a chegada de nova remessa desses imunizantes.

Segundo a prefeitura, o intervalo entre as doses deve ser discutido em nova reunião da Comissão Intergestores Bipartite. O governo do RS atendeu pedido do Cosems (Conselho das Secretarias Municipais de Saúde) e retornou para 12 semanas o intervalo entre as doses.

Diante da recomendação do Ministério da Saúde pela manutenção das 12 semanas, em função de que a alteração poderia provocar falta de D2 (segunda aplicação) para os esquemas já iniciados (tendo em vista que o envio de vacinas aos Estados considera o intervalo de 12 semanas), o Conselho solicitou que a antecipação ficasse restrita ao lote da AstraZeneca que o Estado tinha em estoque, já distribuído aos municípios.

Ultimas notícias

Ideias para vender produtos artesanais

Empreender, para muitas pessoas, tornou-se uma forma de fazer uma renda extra. Desse modo, com o objetivo de auxiliar as pessoas que...

Melhores localidades em Tocantins para se conhecer

Frederico Gayer Machado de Araujo, grande empresário e nativo de Tocantins, comenta sobre os melhores lugares para se conhecer em seu...

Como manter um cabelo lindo e cacheado?

Para Leandra, a Diva do Brás, o cabelo cacheado está cada vez mais em alta, podendo até ser uma nova tendência nos...

Marco Antonio Carbonari dá dicas de harmonização com queijos

Receber amigos ou pessoas especiais em uma noite de vinhos para degustação e aperitivos é um dos programas...

Veja tambem