Porto Alegre amplia Operação Inverno para atender população durante frente fria

Diante da previsão de avanço da frente fria em Porto Alegre, a prefeitura de Porto Alegre montou um plano emergencial para atender as pessoas em situação de rua na Capital. A força-tarefa entre as secretarias está ampliando a estrutura da Operação Inverno, com acolhimento extraordinário de 100 novas vagas no Gigantinho a partir desta terça-feira (27). A mobilização tem a parceria do Exército, do Sport Club Internacional, Aclame (Associação da Classe Média) e de uma rede de apoiadores da sociedade civil que irá viabilizar refeições.

O Gigantinho está sendo estruturado com camas, kits de higiene  e uma grade de fornecimento de refeições por grupos de voluntários que atuam junto à população de rua na Capital. Além do espaço na sede do estádio Beira-Rio, há 140 vagas ainda disponíveis na rede própria e conveniada. As pessoas acolhidas terão acesso a agasalhos arrecadados na campanha do POA que Doa.

As equipes da Fasc (Fundação de Assistência Social e Cidadania) e do Consultório de Rua, da Secretaria Municipal de Saúde, atuarão com horário estendido na abordagem e busca ativa de pessoas para acolhimento, inclusive durante as madrugadas.

Conforme previsão do Inmet e Somar, nesta semana uma frente fria avança no Estado. Para esta segunda e terça-feira há previsão de chuva, com queda da temperatura a partir de quarta-feira. Há indicativo de frio intenso, com mínimas podendo chegar a 2°C.

Como vai funcionar o plano emergencial para frente fria:

Acolhimento no Gigantinho

– 100 novas vagas
– Camas cedidas pelo Exército
– Kits de higiene doados pela Aclame (Associação da Classe Média: lençol, toalha, sabonete, escova e pasta de dentes e pente)
– Três refeições diárias: mobilização dos movimentos e grupos de voluntariado, com grade organizada de entregas de quentinhas
– Teste rápido de antígeno (TR Ag) para diagnóstico de Covid-19 para toda a população de rua que ingressar
– Vacinação das pessoas que não estiverem imunizadas
– A Unimed disponibilizou uma ambulância que ficará à disposição para atendimento no Gigantinho, nas noites de acolhimento, das 19h às 7h.

Demais vagas disponíveis

– 140 vagas ainda disponíveis na rede própria e conveniada.

Reforço no atendimento

– Extensão do horário de abordagem: 12 equipes do Ação Rua até as 21h, por 4 dias (mais de 120 profissionais envolvidos)
– Busca ativa das 21h às 2h, com 4 equipes circulando em veículos
– Toda a madrugada: 3 equipes motorizadas dos albergues, no atendimento por acionamento da Guarda Municipal, EPTC e pelo 156 – opção 7
– Equipes do Samu em contato direto com a ronda noturna para atendimentos necessários.

Estrutura atual

– 1.822 vagas: abrigos, repúblicas, casas lares, residencial inclusivo e instituição de longa permanência
– 3 Centros POP de Atendimento diário à população de rua (atendimento, plano de restauração, alimentação, banho, assistência e oficinas)
– 4 restaurantes populares: 1.100 refeições por dia
– 12 equipes de abordagem social (Ação Rua)
– 125 trabalhadores em todos os territórios da cidade diariamente.

Como ajudar

As doações podem ser feitas através do Movimento “Poa que Doa”, programa social que reúne as campanhas do Agasalho e do Alimento 2021. O objetivo é atender pessoas em situação de vulnerabilidade social. Os donativos podem ser entregues em 17 pontos de coleta espalhados pela cidade e em drive thrus de vacinação, divulgados no site da prefeitura. Confira aqui os pontos de coleta das doações.

Ultimas notícias

Miss passa mal, é levada para cirurgia de emergência e morre em Roraima

Uma jovem de 21 anos morreu na madrugada desta quarta-feira, 4, após passar mal e ser levada a um hospital para uma cirurgia de...

Brasil ultrapassa 20 milhões de casos da Covid-19

O Brasil ultrapassou 20 milhões de casos da Covid-19 nesta quarta-feira, 4. Segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o total...

Vigilância em Saúde alerta sobre golpes por telefone em Porto Alegre

A SMS (Secretaria Municipal de Saúde) alerta que equipes da Vigilância em Saúde de Porto Alegre não solicitam informações via WhatsApp, nem enviam link...

Recuperação da economia e piora do risco fiscal pressionam por alta mais agressiva dos juros

O surgimento de novas pressões inflacionárias no segundo semestre de 2021 com a recuperação do setor de serviços e a volta do risco fiscal...

Veja tambem