Polícia Civil abre inquérito para apurar causas do incêndio no prédio da Secretaria de Segurança Pública do RS, em Porto Alegre

A PC (Polícia Civil) já instaurou inquérito policial para investigar as causas do incêndio de grandes proporções que atingiu o prédio da SSP (Secretaria de Segurança Pública do RS) na noite de quarta-feira (14). Dois bombeiros que desapareceram durante o combate às chamas ainda não foram localizados – o Corpo de Bombeiro deve seguir as buscas na noite desta quinta, com uso de drones e cães farejadores.

O inquérito está sob responsabilidade da 17ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, sob coordenação do delegado Daniel Ordahi. Na tarde desta quinta-feira (15), foram ouvidos pela Polícia Civil quatro servidores da Susepe que estavam no local no momento do incêndio e outros dois servidores devem ser ouvidos posteriormente. Os depoimentos foram acompanhados por peritos do IGP (Instituto Geral de Perícias), que já iniciaram o levantamento preliminar no prédio da SSP.

Inicialmente, o fato está sendo investigado como incêndio culposo, mas, como nenhuma hipótese pode ser descartada, a verificação do caso também passará pela possibilidade de incêndio criminoso.

“Vamos determinar, se possível, a origem de fogo e todas as respostas necessárias. Somente a análise do local, os depoimentos das testemunhas e as imagens que vamos resgatar vão dar as respostas”, diz a diretora-geral do IGP, Heloisa Kuser.

Atendimento ao cidadão

Em razão do incêndio, o Departamento de Comando e Controle Integrado da SSP, responsável pela gestão de atendimento aos telefones de emergência das vinculadas (BM, PC, IGP, CBM e DETRAN) e despachos de viaturas foi mobilizado em caráter provisório para as dependências do 9º Batalhão de Polícia Militar.

O Departamento de Informática da Brigada Militar viabilizou posições de atendimento centralizadas para todos os telefones de emergência de todos os órgãos vinculados.

A população pode continuar a ligar para o 190 para acionar a Brigada Militar, o 193 para os Bombeiros e o 197 da Polícia Civil.

O agendamento e o atendimento para carteiras de identidade pelo site do IGP (www.igp.rs.gov.br) permanece normal. Para casos emergenciais, o Departamento de Identificação do IGP em Porto Alegre está atendendo pelo telefone (51) 3223-6122. O telefone (51)3288-5150 está temporariamente suspenso em razão do incêndio.

Ultimas notícias

spot_img

Veja tambem