Marinha diz que desfile foi planejado antes de agendamento da votação do voto impresso

A Marinha do Brasil informou que a realização da Operação Formosa de 2021 já havia sido planejada antes do agendamento da votação sobre a PEC do voto impresso. O evento é um demonstrativo operacional das Forças Armadas e irá desfilar por Brasília nesta terça-feira, 9, para convocar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, para a operação. Em nota enviada à imprensa, a Marinha esclareceu que o evento acontece anualmente desde 1988 e que a edição de 2021 já havia sido planejada antes da divulgação da data de votação da PEC. “Cabe destacar que essa entrega simbólica foi planejada antes da agenda para a votação da PEC 135/2019 no Plenário da Câmara dos Deputados, não possuindo relação com a mesma, ou qualquer outro ato em curso nos Poderes da República”, diz o comunicado da Marinha. A estimativa é de que 2,5 mil militares participem da Operação, marcada para o dia 16 de agosto.

Ultimas notícias

spot_img

Veja tambem