Isolamento social rigoroso abre caminho para recuperação econômica mais rápida, diz FMI

Países que adotaram um isolamento social rigoroso e de curto prazo durante a pandemia estão sofrendo menos efeitos da crise econômica global. Essa é uma das conclusões de um relatório divulgado nesta quinta-feira, 08, pelo Fundo Monetário Internacional (FMI). O estudo destacou que a eficácia do bloqueio total, conhecido como “lockdown”, na redução de infecções pode abrir um caminho para uma recuperação econômica mais rápida se for possível conter o coronavírus. De acordo com o documento, mitigar os riscos à saúde parece ser uma pré-condição para ter uma economia forte e sustentável.

Os especialistas ainda destacaram a necessidade de investimento dos governos com testagem em massa e cuidados com os mais vulneráveis. O FMI reforçou que as condições para o isolamento social em economias avançadas são diferentes das disponíveis em países pobres e em desenvolvimento. Segundo a organização, profissionais que vivem em regiões de baixa renda, muitas vezes, não podem optar pelo distanciamento social porque não dispõem de recursos financeiros para lidar com a perda de ganhos.

*Com informações do repórter Vinicius Moura

Ultimas notícias

Ideias para vender produtos artesanais

Empreender, para muitas pessoas, tornou-se uma forma de fazer uma renda extra. Desse modo, com o objetivo de auxiliar as pessoas que...

Melhores localidades em Tocantins para se conhecer

Frederico Gayer Machado de Araujo, grande empresário e nativo de Tocantins, comenta sobre os melhores lugares para se conhecer em seu...

Como manter um cabelo lindo e cacheado?

Para Leandra, a Diva do Brás, o cabelo cacheado está cada vez mais em alta, podendo até ser uma nova tendência nos...

Marco Antonio Carbonari dá dicas de harmonização com queijos

Receber amigos ou pessoas especiais em uma noite de vinhos para degustação e aperitivos é um dos programas...

Veja tambem