Em SP, PT usará imagem de Lula para explorar ‘legado’ do partido na cidade 

Com o início das propagandas eleitorais gratuitas em rádio e televisão marcado para a sexta-feira 9, o PT já definiu de que maneira utilizará a imagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para impulsionar a candidatura de Jilmar Tatto à Prefeitura de São Paulo. De acordo com petistas que acompanham de perto a estratégia montada para as eleições municipais deste ano, a ideia é explorar o que chamam de “legado” do partido, que governou a cidade em três ocasiões, e o potencial de Lula como cabo eleitoral. Os anúncios em rádio e TV serão feitos em dois formatos: nos blocos de 10 minutos, que vão ao ar de segunda-feira a sábado, duas vezes ao dia, e serão usados para mostrar os candidatos a prefeito; e também por meio de comerciais, de 30 segundos ou um minuto cada, que serão exibidos ao longo do dia. Para as inserções, cada emissora de rádio e televisão vai destinar 70 minutos diários.

Segundo pesquisa Datafolha, realizada entre os dias 21 e 22 de setembro, 20% dos paulistanos votaria em um candidato apoiado por Lula, contra 11% no caso do presidente Jair Bolsonaro e 8% em relação ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB) – a margem de erro é de três pontos para mais ou para menos. Pensando nisso, o ex-presidente já gravou vídeos para as peças que serão exibidas a partir desta sexta-feira. A legislação eleitoral prevê que os apoiadores podem ocupar, no máximo, 25% do tempo da propaganda. Tatto tem um minuto e sete segundos de tempo de TV, o que permite que Lula apareça por 16 segundos. O uso da imagem de Lula em vídeos, dizem integrantes do PT, também tem relação com a realidade imposta pela pandemia do novo coronavírus. Com 74 anos de idade, o petista integra o grupo de risco para a doença. O núcleo duro do partido pretende evitar, ao máximo, que o ex-presidente se exponha e, por consequência, promova aglomerações em agendas de rua. A campanha também pretende explorar os feitos de Tatto que remontam à época em que foi secretário nas gestões de Marta Suplicy e Fernando Haddad – no único debate realizado até o momento, promovido pela TV Bandeirantes, o candidato destacou, reiteradamente, a criação do Bilhete Único e a construção de 400 km de ciclovias e faixas de ônibus, por exemplo.

O PT acredita que as propagandas em rádio e TV representarão uma nova fase da campanha e aposta na força de Lula como cabo eleitoral para melhorar o desempenho de Tatto nas pesquisas. De acordo com o levantamento divulgado pelo Ibope na sexta-feira 2, o petista tem apenas 1% das intenções de voto. Candidato apoiado por Bolsonaro na cidade, o deputado federal Celso Russomano (Republicanos) lidera com 26%, seguido pelo atual prefeito, Bruno Covas (PSDB), com 21%, e Guilherme Boulos (PSOL), com 8%.

Ultimas notícias

Ideias para vender produtos artesanais

Empreender, para muitas pessoas, tornou-se uma forma de fazer uma renda extra. Desse modo, com o objetivo de auxiliar as pessoas que...

Melhores localidades em Tocantins para se conhecer

Frederico Gayer Machado de Araujo, grande empresário e nativo de Tocantins, comenta sobre os melhores lugares para se conhecer em seu...

Como manter um cabelo lindo e cacheado?

Para Leandra, a Diva do Brás, o cabelo cacheado está cada vez mais em alta, podendo até ser uma nova tendência nos...

Marco Antonio Carbonari dá dicas de harmonização com queijos

Receber amigos ou pessoas especiais em uma noite de vinhos para degustação e aperitivos é um dos programas...

Veja tambem