O Rio Grande do Sul tem quase 8.500 mortos por coronavírus. Testes positivos passam de 430 mil

Estado tem 18.023 casos de Covid em andamento. (Foto: EBC)

O relatório epidemiológico divulgado neste sábado (26) pela SES (Secretaria Estadual da Saúde) acrescentou 2.150 testes positivos de coronavírus e mais 18 mortes provocadas pela Covid no Rio Grande do Sul. Com isso, os casos confirmados da doença desde março no Estado subiram para 430.780, ao passo que os óbitos chegaram a 8.452.

Descontando-se as perdas humanas (2%) e o contingente de 404.252 pessoas já recuperadas (94% do total), atualmente o Estado tem 18.023 casos em andamento (4%), incluindo assintomáticos e sintomáticos sob quarentena domiciliar ou pacientes em situação mais grave, internados em leitos hospitalares.

O resumo dos falecimentos mais recentes por Covid escancara, mais uma vez, a predominância de idosos entre os casos fatais da pandemia no Rio Grande do Sul: apenas uma das 18 novas vítimas não se enquadra nesse segmento populacional – uma mulher de 57 anos, residente no Litoral Norte.

Confira, a seguir, a lista das perdas humanas mencionadas pelo boletim deste sábado. O documento informa o município de residência (em ordem alfabética), gênero (feminino ou masculino) e idade.

– Arroio do Meio (homem, 71 anos);

– Balneário Pinhal (mulher, 57 anos);

– Bento Gonçalves (homem, 83 anos);

– Bom Princípio (homem, 69 anos);

– Cachoeira do Sul (homem, 72 anos);

– Cachoeira do Sul (homem, 61 anos);

– Cachoeira do Sul (homem, 87 anos);

– Cachoeira do Sul (homem, 68 anos);

– Cachoeira do Sul (mulher, 74 anos);

– Candelária (homem, 62 anos);

– Canela (homem, 73 anos);

– Carazinho (homem, 74 anos);

– Igrejinha (mulher, 73 anos);

– Ijuí (mulher, 79 anos);

– Passo Fundo (mulher, 81 anos);

– Taquara (homem, 67 anos);

– Taquara (homem, 81 anos);

– Uruguaiana (homem, 70 anos).

Distanciamento Controlado

Em caráter excepcional, por causa dos feriados de Natal e Ano Novo (25 de dezembro e 1º de janeiro de 2021), nas duas semanas finais de 2020 o mapa preliminar do Distanciamento Controlado no Rio Grande do Sul teve anunciadas mudanças no horário de divulgação: às 19h, e não 18h, como tem ocorrido normalmente desde maio, quando o sistema foi adotado pelo governo gaúcho.

Já o horário do mapa definitivo, que é divulgado nas segundas-feiras está mantido para as 16h30min. Com a alteração no horário de divulgação, o prazo para envio de recursos de municípios e associações regionais também sofre mudanças, podendo ser enviados até às 7h do domingo subsequente. Ou seja, 36 horas após a publicação do mapa, conforme prevê o decreto estadual nº 55.240/2020.

Da mesma forma, ficam mantidas as reuniões do Gabinete de Crise do Palácio Piratini. A configuração das cores e regiões é informada pelo Executivo stadual por meio dos sites do Distanciamento Controlado e do governo do Rio Grande do Sul. Mais informações em distanciamentocontrolado.rs.gov.br.

(Marcello Campos)

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Ultimas notícias

Polícia faz operação contra fraudes no seguro DPVAT no RS; desvios podem chegar a R$ 8 milhões

Segundo as investigações, grupo criminoso agia com informantes dentro de hospitais procurando vítimas de acidentes, além de fraudar...

Enfermeiros e técnicos são os profissionais de saúde mais atingidos pela Covid no RS, aponta boletim

Quase metade dos 32 mil profissionais da saúde infectados são da área da enfermagem. Dia Internacional da Enfermagem,...

Cresce procura por atendimento psicológico no RS; veja locais que oferecem apoio gratuito ou com 'valor social'

Orientação da Secretaria Estadual da Saúde é buscar o atendimento na rede de atenção primária. Estado tem 212 unidades do Centros de...

Governo distribui 310 câmaras frias para vacinas a cidades do RS com menos de 100 mil habitantes

No total, 194 municípios serão contemplados. Primeiras 52 receberam nesta terça (11). Objetivo é aprimorar a Rede de...

Veja tambem