Hospitais de cinco cidades gaúchas recebem empréstimo de equipamentos de UTI

Ao menos 17 equipamentos de respiração artificial e dez monitores para utilização em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) de Porto Alegre estão sendo emprestados pelo governo gaúcho a hospitais das regiões Norte e Noroeste do Estado que receberam “Alerta” ou “Aviso” no novo sistema de monitoramento da pandemia.

Os equipamentos haviam sido doados pelo Instituto Cultural Floresta (ICF) a hospitais da capital desde o começo da pandemia. Pois agora estão sendo transferidos para instituições de saúde de cinco municípios: Santo Ângelo, Carazinho, Giruá, Horizontina e Santo Cristo.

Nesta terça-feira (18), a Região-Covid de Santo Ângelo estava com ocupação de 107,3% em leitos de UTI para pacientes adultos com coronavírus, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Já a área de Passo Fundo apresentava um índice de 82,6%.

Ambas receberam “Alerta” do governo do Estado no chamado Sistema 3As, que desde o último domingo substitui o antigo modelo de distanciamento controlado (baseado em bandeiras coloridas para identificar o grau de risco epidemiológico). A região de Santa Rosa, por sua vez, está com taxa de 87,5% na ocupação de leitos de UTI para adultos e, por esse motivo, recebeu “Aviso” no “Sistema 3As”.

“Até agora, nos três hospitais da nossa região [Hospital São José, em Giruá; Associação Beneficente Oswaldo Cruz, em Horizontina; e Hospital de Caridade de Santo Cristo] os equipamentos que temos têm dado conta da demanda, mas qualquer aumento vai exigir um reforço, de forma que esse empréstimo se tornará essencial”, salientou o titular da 14ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), Anselmo Loureiro. As instituições dessa região receberão dois monitores e três respiradores.

Atualmente com uma ocupação de 106,7% nos 15 leitos de terapia intensiva para adultos no SUS, o Hospital Comunitário de Carazinho receberá o empréstimo de seis respiradores e seis monitores. Já para o Hospital de Caridade de Santo Ângelo, serão transferidos oito respiradores e dois monitores.

Parceria

“A articulação foi realizada por meio de mais uma parceria entre a Secretaria Estadual da Saúde (SES) e Instituto Cultural Floresta para auxiliar neste momento crítico de lotação da rede hospitalar nestas regiões”, ressaltou o governo do Rio Grande do Sul por meio de seu site oficial estado.rs.gov.br.

(Marcello Campos)

Ultimas notícias

Falta de insulina na rede pública de farmácias causa preocupação em pessoas com diabetes no RS

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, falta do medicamento ocorre desde maio. Ministério da Saúde alega que foram...

Rio Grande do Sul se aproxima de 1 milhão e 200 mil testes positivos de coronavírus. Mortos são quase 31 mil

Divulgado nesta quinta-feira (24), o mais recente boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde ampliou para 1.199.084 o número de testes positivos de coronavírus no...

Ministra do STF rejeita novo habeas corpus de ex-segurança preso pela morte de homem negro em supermercado no RS

Defesa de Giovane Gaspar da Silva pedia a conversão da prisão preventiva em domiciliar para que respondesse o...

Banco do Brasil abre concurso com vagas para cinco regiões do RS

Mais de 150 vagas imediatas serão preenchidas. Concurso seleciona também para cadastro reserva. Cargo é de nível médio...

Veja tambem