Ex-prefeito de Não-Me-Toque Armando Roos morre por complicações da Covid-19


Homem tinha 76 anos e histórico de problemas pulmonares. Roos comandou o administrativo até agosto de 2018, quando teve o mandato cassado após denúncia de assédio sexual. Armando Carlos Roos, ex-prefeito de Não-Me-Toque, morreu por complicações causadas pelo coronavírus
Prefeitura de Não-Me-Toque/Divulgação
Armando Carlos Roos, ex-prefeito de Não-Me-Toque, cidade localizada no Norte do RS, morreu na manhã desta segunda-feira (28) por complicações causadas pelo coronavírus. Ele tinha 76 anos e histórico de problemas pulmonares.
A prefeitura da cidade publicou uma nota de pesar e declarou luto oficial de três dias (leia a manifestação completa abaixo).
Roos foi vereador e prefeito do município. Em agosto de 2018, ele teve o mandato de prefeito cassado pela Câmara de Vereadores depois de servidoras denunciarem casos de assédio sexual.
O Ministério Público denunciou Roos pelos crimes de assédio sexual, importunação ofensiva, abuso de autoridade e perturbação do sossego. O promotor responsável pela denúncia pediu o afastamento do chefe do executivo municipal, o que foi atendido pela Justiça.
Nota da prefeitura de Não-Me-Toque
A Administração Municipal com profundo pesar comunica o falecimento do ex-prefeito Armando Carlos Roos e Declara luto oficial durante três dias em homenagem a sua memória.
Filho de Elvira e Theobaldo Roos, nasceu em 25 de abril de 1944, e em Arroio Bonito – Não-Me-Toque, então distrito de Carazinho (RS), caçula entre sete irmãos, Selma (in memorian), Erni Orlando, Alfredo Alzírio (in memorian), Ria, Diva e Lori.
Aprendeu a escrever na pequena escola de Arroio Bonito, onde todas as séries eram atendidas pelo mesmo professor. Ainda criança, foi levado para estudar na cidade, como interno da Escola Sinodal Sete de Setembro. Depois cursou o ginasial e o Técnico Contábil no Instituto Estadual Solano, na época instituição privada da ordem religiosa Franciscanos.
Foi jogador do Esporte Clube Gaúcho, junto com amigos, ajudou a fazer a terraplenagem do campo do Colorado, hoje Estádio Municipal, clube que foi presidente e, como gestor municipal, negociou o contrato de comodato para que o local pudesse receber investimentos de recursos públicos.
Como prefeito, garantiu que a área do Solano, doada pela Associação Cultural Campo Real, permanecesse com o município e o Estado construísse uma nova escola.
Aos 19 anos de idade, iniciou a vida na cidade trabalhando como motorista de caminhão na empresa do irmão Alzirio Rosso e do cunhado Arzeno Krüger. Aos 20 anos foi convidado a ser sócio da empresa e, com 20 anos, FOI designado diretor comercial. Quando deixou a sociedade, em 1984, fundou sua própria empresa, a Agrícolas Três Fronteiras Ltda.
Casou-se como Marisa Schmitt no ano de 1969, e são pais de Denise e Eloíse. Ficou viúvo no ano de 2008.
Além, das filhas, deixa enlutados as três netinhas, Mariana Roos Martins, Eduarda Roos Martins e Ana Júlia Roos, os genros Marco e Alan Martins. Também a companheira, Maria Cristina Bohn Zanoni, e o enteado Matheus.
Trajetória
Entre seus feitos estão fundação da Associação de Produtores de Sementes (Apasul), Fundação da Abrasem, dirigente da Farsul. Foram 32 anos dedicados às entidades representativas da agricultura.
Na política, foram 50 anos, iniciado pela Câmara de Vereadores, gestões, 1969-1973, 1973-1977 e 1977-1982. Prefeito de Não-Me-Toque por três mandatos (2001-2004, 2005-2008 e 2017 até agosto de 2018).
Como prefeito, atuou para a abertura das agências do Banco do Brasil, do Banrisul, criou o Natal Étnico Festa dos Povos, incentivou as associações culturais, realizou obras que transformaram o município, criou a lei municipal que foi determinante para o município de Não-Me-Toque receber o título de Capital Nacional da Agricultura de Precisão. Deixou obras estruturantes e em todos os setores, tais como escolas, conjuntos habitacionais, postos de saúde, pavimentação, quadras esportivas, assistência Social, que contribuem para o bem-estar e qualidade de vida dos cidadãos.
Grande parte de seus feitos podem ser conhecidos na obra autobiográfica “Desenvolvimento só acontece com boa liderança”
Veja mais vídeos de notícias do Rio Grande do Sul

Ultimas notícias

Voluntários produzem pães para doar a estudantes da rede pública de Taquara

Campanha começou, há três semanas, produzindo 100 pães. Com doações da comunidade, volume foi duplicado. Produção dos pães...

Hospitais gaúchos ganham 80 milhões de reais para o combate ao coronavírus

O governo do Estado repassou, nesta sexta-feira (9), R$ 80 milhões a cerca de 200 hospitais gaúchos para o custeio dos serviços ambulatoriais e...

Municípios do RS notificam Anvisa por lotes de vacina contra a Covid com menos doses do que indicado

Conselho de Secretarias Municipais da Saúde estima perda de 20 mil doses em 100 cidades. Agência afirma que...

Corujas são devolvidas à natureza após tratamento em Porto Alegre

Filhotes foram encontrados em uma rua da Zona Sul da Capital há três meses. Animal é comum em...

Veja tambem